A sociedade merece a polícia que tem?

Tempo de leitura: 4 minutos

eu escolho salvar o policial
Fonte: Site Uol

Esta parece ser uma pergunta idiota, mas há cinco dias ela não sai da minha cabeça. Acredito que dividiria mais opiniões que a pergunta feita em um programa de certa emissora de televisão que tem subvertido os valores de nossa sociedade.

Depois que, em um grupo de 8 pessoas, 7 disseram preferir socorrer um traficante e apenas 1 teve peito para dizer que socorreria um policial, penso se realmente vale a pena ser policial.

Fico discutindo comigo mesmo porque eu deveria sair de casa, vestir minha farda, entrar em uma viatura e ir para a rua defender esta sociedade que vai escolher socorrer o traficante ao invés de mim?

Apesar dos 7 que preferiram o traficante não merecerem uma gota do meu suor, eu vou cumprir meu juramento de defender com minha própria vida aquele único indivíduo que escolheu socorrer o policial.

 

 

Policial x traficante

Gostaria de destacar um trecho de um texto retirado da página do Facebook do Deputado Federal Capitão Augusto:

A decisão entre socorrer o traficante ou o policial é, em última análise, a escolha entre o bem e o mal.

O policial militar sai todos os dias de sua casa sem saber se voltará para o seio de sua família, oferecendo sua vida para proteger aqueles que nem mesmo conhece.

Enquanto isto, o traficante destrói famílias e, sem qualquer respeito aos direitos humanos, assassina nossos filhos e filhas.

Decidir entre o policial e o traficante é, portanto, decidir entre a vida e a morte, entre a ordem e a barbárie.

Cada sociedade faz suas escolhas e colhe seus frutos. E você, quem socorreria? O policial ou o traficante? Lembre-se: os frutos de sua decisão serão colhidos por você e seus filhos!

 

eu escolho salvar o policial
Foto: Clayton de Souza/AE

 

A pergunta se você escolhe socorrer o policial ou o traficante deveria soar como um “tapa na cara” de muita gente, porém, cada dia mais, tem sido a realidade vivida em nosso país.

É comum ouvir pessoas dizendo que nossa polícia deveria ser como a dos Estados Unidos e outros países desenvolvidos. Mas como ter uma polícia como a deles se nossa sociedade não é como a de lá?

Enquanto no Brasil, muitas pessoas torcem para o policial se dar mal em uma ocorrência e chegam ao absurdo de venerar o bandido, os americanos torcem é para o bandido se dar mal e, se precisar, ainda ajudam o policial.

 

eu escolho socorrer o policial
Fonte: r7.com

Inversão de valores morais

Em nosso país, o certo passou a ser errado e o errado é que está certo. Enquanto o cidadão de bem está atrás das grades de sua casa, o bandido sorri da justiça que não consegue colocá-lo atrás das grades da cadeia.

As pessoas reclamam da violência, da impunidade, principalmente dos menores infratores, dos filhos no mundo das drogas, das mortes de inocentes… Mas preferem salvar justamente aquele que está diretamente ligado a todos estes problemas: o traficante.

Existe um conhecido ditado que se adequa muito bem para esta discussão: Quem poupa o lobo, sacrifica a ovelha!

Quem escolhe socorrer o bandido corre o risco de precisar da polícia para defendê-lo do próprio bandido que ajudou a socorrer, mas o policial que não foi socorrido não estará mais ali para ajudar.

 

 

Retornando a pergunta inicial se a sociedade merece a polícia que tem, prefiro acreditar que sim. Mas não posso discordar daqueles que pensam que a sociedade não merece o sacrifício de cada um de nossos guerreiros de farda.

Porém se eu tomar minha decisão baseado naqueles 7 que preferem o traficante ao policial, aquele jovem que socorreria sozinho o policial vai achar que tomou a decisão errada.

Sempre que sentir vontade de desistir de defender esta sociedade hipócrita, lembrarei que pelo menos 1 pessoa decidiu me defender e ele merece meu sacrifício.

Apesar de revoltante, este tema não é novo e já havia sido debatido no artigo Servir a sociedade, mesmo com o sacrifício da própria vida.

E na sua opinião, a sociedade merece a polícia que tem?

Deixe seu comentário logo abaixo. Aproveite para compartilhar este texto em suas redes e ajude seus amigos a decidir se salva o traficante ou o policial.

5 Comentários


  1. Tenho 46 anos e fui educado no Rio de Janeiro mas vivo em Sao paulo. Ja vivi por um periodo nos estados unidos e concordo com a diferenca exposta das nossas sociedades. La apesar de ocorrerem abusos tambem como aqui a população sempre apoia os policiais, aqui ficamos ofendidos ao ser abordados, eu mesmo ja fui varias vezes e em varios estados e apenas uma vez fiquei com medo pois o policial nao estava com o comportamento normal. Em todas as outras abordagens eu me senti seguro em saber que o trabalho estava sendo bem feito. Socorreria um policial sempre e nunca um bandido. isso eu deixaria para o Samu ou para os bombeiros,na falta deles quem sabe a providencia divina mas eu Não socorreria.
    Essa inversao de valores me envergonha como cidadão, e peço que os policiais acreditem que ainda vale a pena porque no meio dessa população de idiotas com valores deturpados ainda tem gente que vale a pena defender e ajudar. Meus sinceros agradecimentos a todos que cumprem esse papel indispensavel de ser um dos pilares da sociedade.

    Responder

    1. Boa tarde, Wilson

      É muito bom perceber que nossos esforços valem a pena, ainda que muitos não valorizem.

      Fico muito feliz de receber um depoimento de um cidadão que viveu nas duas principais capitais brasileiras e também no exterior.

      Isto revigora nosso ânimo em continuar a combater o crime e proteger a sociedade!

      Forte abraço, meu amigo!

      Responder

  2. A triste realidade desse guerreiros…porém desistir não é uma opção .
    Senhor proteja esses guerreiros ,heróis que lutam dia após dia para uma sociedade melhor…
    Enquanto famílias dormem,eles deixam a deles para cuidar da sua… então não critique não fala nada e orgulhe se por ter homens e mulhers para defender e tentar por ordem em uma sociedade que a criminalidade so aumenta.
    Passando anos em um Colégio Militar para exercer uma profissão de risco, onde vai e não sabe se volta pra casa.
    Enquanto eles treinam estudam …. outros estão nas ruas envolvendo se com a criminalidade.
    Eles suam ,derramam lágrima ,sofrer ,muitos morrem … E ainda não são reconhecidos…
    Triste realidade como disse no início DESISTIR essa palavra não existe no vocabulário .
    DESISTIR JAMAIS isso não é uma opção.

    Responder

    1. Boa noite, Sionaria

      Seu opinião alegra muito nossos corações e estimula-nos a continuar fazendo o máximo pela sociedade, ainda que algumas pessoas alienadas tenham uma visão deturpada de nossa missão.

      Em nome de todos os policiais, receba nosso muito obrigado!

      Responder

      1. Eu que agradeço Sgt!
        Adimoro muito o trabalho policial, trabalho honrado ,conquistado…

        Policiais militares, pretorianos, homens treinados, preparados para missão. Honrar seu juramento é sua meta, cuidar e defender a sociedade é seu objetivo.
        Por isso adimiro e reconheço os esforços prestados por cada um de vocês.
        Em nome de todos admiradores , e todos que como eu também sonham em tornar-se um de vocês, o nosso muito obrigado.

        Responder

Deixe aqui seu comentário