Minas Gerais volta aos velhos tempos de atraso e parcelamento de salários

Tempo de leitura: 5 minutos

contas a pagar

Após a notícia de atraso no pagamento do salário de janeiro de 2016 e possível parcelamento a partir de março, o clima é de muita tensão entre os policiais, bombeiros e demais agentes de segurança pública estaduais e grande insatisfação com a administração do atual governo do Estado de Minas Gerais.

O anúncio do atraso salarial surpreendeu-nos a todos, principalmente porque nos últimos doze anos, nunca houve um dia sequer de atraso. Alguns policiais antigões relembram com tristeza os tempos em que tinham um salário baixíssimo e, mesmo assim, o governo atrasava e parcelava. Quem nunca ouviu dizer sobre a queima de contra-cheques durante a greve de 1997?

Hoje, vivemos outra realidade. O salário e as condições de serviço melhoraram um pouco. No entanto, a ideia de não receber em dia deixa um gosto amargo na boca e uma expectativa de possível retorno aos tempos de vacas magras! O governo pretende que paguemos uma conta que não é nossa!


Desde a propagação da notícia do atraso do pagamento, algumas perguntas tem sido uma constante em minha cabeça: 

  • Eu trabalhei normalmente o mês passado e tenho minhas contas para pagar!

    É justo ser obrigado a emprestar meu salário por cinco dias para o governo fazer uma aplicação financeira que gerará juros para os cofres públicos? E, após este período, receber o mesmo valor, mas ter que pagar juros de todas minhas contas vencidas?

  • Eu tenho feito um planejamento de minhas despesas, adequando-as a minha capacidade financeira de custeá-las!

    É justo não conseguir arcar com meus compromissos previamente assumidos para o 5º dia útil, data do meu pagamento, porque o governador e seus assessores não tem capacidade intelectual para realizar uma eficiente gestão financeira dos compromissos do Estado?

  • Eu sou um cidadão honesto!

    É justo ter que pagar a conta da corrupção dos desonestos? Estão justificando o atraso do salário em razão da diminuição da arrecadação do ICMS. Desculpem-me, mas, para um país que é um dos principais arrecadadores de impostos do mundo e que obriga o cidadão a trabalhar mais de quatro meses só para pagar impostos, esta desculpa está mais para uma piada sem graça e de muito mal gosto.

governo anuncia atraso no pagamento

 

Estamos diante de uma relação trabalhista em que o empregador recebeu a prestação de serviço, mas avisou que vai atrasar o pagamento e provavelmente parcelará os próximos. Ao negar o pagamento de salários, o Estado está ferindo o princípio fundamental da dignidade da pessoa humana, bem como um direito social de todo trabalhador, previstos na nossa Lei Maior:

Constituição Federal

Art. 1º – A República Federativa do Brasil (…) tem como fundamentos:
III – dignidade da pessoa humana.

Art. 7º – São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais (…):
X – proteção do salário na forma da lei, constituindo crime sua retenção dolosa.

Desde que esta notícia foi transmitida, temos ouvido de tudo no interior dos quartéis e delegacias, principalmente uma ameaça de “greve branca” da segurança pública. Informalmente, estas informações chegaram até a imprensa:

Sabemos que, aos militares, é vedado o direito de greve, conforme previsão do art. 142, § 3º, IV, da Constituição Federal. Apesar disto, alguns casos de greve podem ser lembrados em um passado recente:

2014 – Greve da Polícia Militar da Bahia 
2014 – Greve da Polícia Militar de Pernambuco 
2012 – Greve conjunta da Polícia e Bombeiros Militares, além da Polícia Civil do Rio de Janeiro 
2011 – Greve da Polícia Militar do Ceará 

Se retrocedermos um pouquinho mais, lembraremos da greve de 1997 em Minas Gerais, em que policiais e bombeiros pararam para discutir com o governo, entre outras questões, um reajuste salarial e novo regulamento disciplinar. Apesar dos militares conseguirem se sobrepor ao governo, houve uma perda irreparável: a morte do cabo Valério durante as manifestações.

Confira mais detalhes sobre este movimento no livro O Dia em que a Polícia parou. Segundo os militares que participaram da greve de 1997, o governo daquela época confiou que os oficiais conseguiriam segurar o restante da tropa que não receberia aumento. Não deu certo!


E desta vez, será que o governo está preparado para outra greve?

Qual seria o tamanho do prejuízo diário do Estado se a tropa deixasse de fiscalizar e fazer multas enquanto não receber seu salário?

Qual seria a reação da sociedade se a polícia cruzasse os braços e parasse de prender?

Qual seria a reação dos bandidos se a polícia sumisse das ruas?

Será que o governador avaliou as diversas consequências que sua decisão pode acarretar para a segurança pública, para a sociedade mineira e inclusive para seu próprio governo?

policial militar de braços cruzados

 

Sou policial militar há treze anos e tenho muito orgulho de minha profissão! Neste período, nunca aconteceu do meu salário não estar na conta no dia correto. Infelizmente, hoje, o estímulo para trabalhar está muito próximo de zero!

Gostaria que a sociedade entendesse que não é fácil chegar o dia do pagamento e não receber um centavo para pagar as contas de casa e comprar comida para nossos filhos. Neste momento, lembro com tristeza a fala de um sargento da Brigada Militar quando o governador do Rio Grande do Sul parcelou o salário de setembro de 2015:

“Como tu vai ser policial, como tu vai sair na rua se sua família está lá sem ter o que comer? Fui no banco e tinha 600 reais, cara! 600 reais que o Banrisul pegou. Como eu vou pagar uma conta? O que eu vou comer este mês? Me obrigou a fazer escolha de Sofia: passo eu fome, meus filhos não”

Amanhã será dia 08 de janeiro, 5º dia útil, e deveria ser o dia do pagamento. O famoso 5º dia útil, que sempre foi um dia muito esperado, pode ser o início de um período de nuvens negras sobre o território mineiro!

11 Comentários


  1. Pena que esta mesma imprensa, que critica QUALQUER ação do atual governo, ficou 12 anos calada frente ao descalabro que foi a gestão do PSDB, né ?!?

    Quais as cores da bandeira do Estado de Minas Gerais ?
    Branca e vermelha.

    Qual o problema em se pintar as farmácias de vermelho?
    Essa paranoia de que tudo que é vermelho é comunista é coisa de doidos.

    O mais engraçado é que os 718 mil anunciados pela reportagem em jantares são apenas PLANEJADOS, não é despesa ainda, ou seja, criticam até o que ainda não se concretizou.

    Será que um Estado que tão rico (você mesmo é quem disse isso), não pode receber decentemente chefes de estado estrangeiros, delegações e empresários para investirem no Estado ?

    O governador deveria fazer o quê ?

    Levá-los a barraquinha de hot-dog na Praça do Papa ?

    A mídia, ardilosamente, coloca na mesma reportagem palavras como: palácio, camarão, salmão, para dar a impressão de luxo e vida nababesca. Fazem isso, mesmo sendo alguns desses itens apenas pequenas porções de ingredientes para pratos nobres.

    Nada de novo ou de excepcional.

    Imagina se estes mesmos veículos de comunicação fossem diligentes assim com os antigos governadores !!! A situação do Estado seria outra, né ?!?

    A mídia tenta vender a ideia de que o primeiro escalão (15 secretários) receberam aumentos de 40% e que 100.000 professores estão a míngua.

    Mais uma vez um simples jogo de palavras e manipulações pois na gestão passada os secretários recebiam muito mais que os atuais, pois eles eram alocados como conselheiros de várias empresas estatais. Eles recebiam um salário "pequeno" como secretário, mas ganhavam muito mais com os jetons.

    Não há como separar as coisas meu caro….o seu post é sim político, por isso, esses assuntos vêm a tona.

    A culpa do Estado de Minas Gerais estar falido e atrasando salário é do TCE-MG que aprovou as contas maquiadas dos governos passados, é culpa da base de deputados da ALMG que referendou TUDO o que os governos passados fizeram e principalmente do Ministério Público de MG que nunca teve coragem de investigar nada relativo as gestões passadas.

    Até um aeroporto de R$ 20.000.000 foi construído com o dinheiro do estado em uma fazenda particular do ex-governador e o MP de MG disse que…tudo bem.

    Quer chorar o salário atrasado ?

    Vá fazer manifestação na porta do TCE-MG, ALMG e principalmente do MP de MG.

    Responder

  2. Boa tarde, meu caro amigo

    Em momento algum, este artigo teve conotação partidário-política, mas de preservação da dignidade da pessoa humana. Neste caso de atraso e parcelamento de salários, parece que a culpa é dos servidores públicos e não de nossos representantes políticos.

    Se a culpa é do PSDB ou PT, do Aécio, Anastasia ou Pimentel, que eles sejam punidos e não nós, servidores públicos. Mesmo dizendo que o Estado está quebrado, o atual governador tem utilizado o dinheiro público de forma um tanto quanto incoerente, para não falar imoral.

    http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/01/22/pimentel-programa-gastar-r-718-mil-em-jantares-para-os-palacios-de-mg.htm

    http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/governo-prev%C3%AA-r-3-4-mi-para-pintar-farm%C3%A1cias-de-vermelho-1.1208272

    http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/em-minas-40-de-aumento-para-1-escal-o-de-pimentel-e-5-para-professor-1.293072

    Faço questão de sempre responder aos leitores do Blog do graduado, principalmente aqueles que criticam o artigo publicado, pois as críticas servem para o amadurecimento. Como já disse, não tenho interesse em discussão política, mas fiz questão de responder seu comentário com todo respeito que você merece.

    Forte abraço!

    Responder

  3. Estado rico ?
    Você quis dizer Estado endividado né ?

    http://www.brasildefato.com.br/node/30063

    Fabrício, nesse link é possível pesquisar o endividamento total dos Estados: http://www4.bcb.gov.br/fis/dividas/lestados.asp

    Agora, selecione o Estado de Minas Gerais e pesquise pelo mês 01 ano 2003.

    Fazendo isso você encontrará a dívida fundada do Estado de Minas Gerais no inicio do governo Aécio Neves.

    Agora, repita a mesma pesquisa, porém selecionando o mês 12 ano 2014. Final da era aécio em MG.

    Compare o valor total de 2003 com o valor total de 2014.

    Não, você não está louco…o valor é em bilhões de reais mesmo…essa é a dívida de MG!!!

    Entendeu o tamanho do buraco que a gestão Aécio/Anastasia enfiou eu, você, nossos filhos, netos e bisnetos ?!?

    Ele passou 12 anos em Minas Gerais dizendo que o Estado tinha zerado as suas dívidas por causa do “choque de gestão” que ele tinha dado na administração do Estado. Não vou escrever os adjetivos aos quais eu classifico o quarto Senador Carioca, pois o seu blog merece respeito….

    Mentira: https://www.youtube.com/watch?v=rKDjLlxTDxo

    Verdade: https://www.youtube.com/watch?v=RpEx9IIpn9c

    Não adianta brigar com os números…

    Informe-se melhor meu caro:

    http://tijolaco.com.br/blog/

    http://www.ocafezinho.com/

    http://jornalggn.com.br/luisnassif

    http://www.redebrasilatual.com.br/

    Responder

  4. Seria o caso daqueles não apoiaram a vinda dos PeTralhas para Minas, cobrarem dos irresponsáveis e babacas que votaram nesse governicho de comunistas fajutos, corruptos e ex-terroristas.

    Responder

  5. Boa tarde, Vanderleia

    Infelizmente, esta é a triste realidade de um dos maiores e mais ricos Estados brasileiros! E, pelo jeito, a tendência é piorar.

    Responder

  6. Acho um absurdo esse parcelamento com tanto roubo tomara que os policiais cruzem os braços aí sim o Brasil virará uma bagunça aí vamos ver,se eles pagam ou não pagam.

    Responder

    1. si pagarem o que eles querem eles voltam a trabalharm mas não vai resolver o problema do pais apenas o deles. o restante do pais continua na merda. este militares são os primeiros a defender
      os políticos quando o povo protesta. agora que apertaram pra eles querem apoio da população, meu apoio não tem.

      Responder

  7. A polícia tem que correr atrás dos seu direitos sim e deixar o Brasil virar inferno. Precisamos do estado islâmico aqui, precisamos de golpe militar por que a população é mto burra e acomodada com o arreio. Quando os caminhoneiros fizeram sua manifestação, conseguiram em parte o que queriam. Por mim estavam parados até hoje mesmo q eu tivesse que viajar p fazer compra. Já que pago a conta dos políticos corruptos, pago a grave dos caminhoneiros. A PM tem q parar é toda, me armo e faço minha própria segurança. Precisamos do fim do Brasil, com morte e prisão pra muita gente para recomeçar.

    Responder

  8. Caro leitor,

    O foco do texto não foi partidário em momento algum, justamente para evitar que a discussão tendesse para este lado.

    Se você não sabe onde estava a polícia militar quando ocorreu estes escândalos, tenho o prazer de dizer a você que estávamos trabalhando 24 horas por dia para defender a sociedade mineira, que muitas vezes não reconhece nosso sacrifício.

    Estávamos tomando pedradas nas manifestações contra a Copa das Confederações e Copa do Mundo. Estávamos prendendo ladrões, assassinos e estupradores. Estávamos combatendo o crime, para evitar que os infratores da lei entrasse em sua casa, fizesse sua família refém e roubasse tudo que você tem.

    Estávamos nos bancos dos réus, nos defendendo de acusações muitas vezes infundadas, ou em um cemitério, enterrando um irmão de farda que morreu em combate.

    Se você acha que é hipocrisia gritar por nosso direito de receber salário em dia é porque você não está do lado de cá, mas do outro lado. Talvez seja porque você esteve na oposição todo este tempo e hoje toma café da manhã com o governador, enquanto sorriem de nosso desespero.

    Responder

  9. Eu me pergunto onde estava a nobre policia, militar e civil, que não se sentiu indignada com os escândalos abaixo relacionados ?

    http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/14-escandalos-de-corrupcao-envolvendo-Aecio-o-PSDB-e-aliados/4/32017

    http://www.prmg.mpf.mp.br/imprensa/noticias/saude/mpf-afirma-que-mais-de-r-14-bilhoes-deixaram-de-ser-aplicados-na-saude-em-mg

    http://www.cartacapital.com.br/politica/azeredo-pega-20-anos-de-prisao-por-mensalao-tucano

    http://sergiorochareporter.com.br/acao-bilionaria-envolve-aecio-e-anastasia-na-exploracao-de-niobio-em-araxa/

    http://limpinhoecheiroso.com/tag/antonio-anastasia/

    Os recursos que hoje faltam para pagar os soldos foram desviado durante anos…sob a conivência dos servidores do Estado, logo, é hipocrisia gritar agora…tinham que ter gritado no momento em que ocorriam estes assaltos aos cofres públicos.

    Responder

Deixe aqui seu comentário