Abordagem policial: Segurança! Objetividade! Respeito!

Tempo de leitura: 2 minutos

A abordagem é um ato discricionário, legal e inerente à atividade policial. A complexidade do momento pode ser reduzida, desde que o policial adote os princípios essenciais da abordagem eficiente.

Muitos vídeos de abordagens são reproduzidos pelos veículos de comunicação, com destaque para a televisão e internet. E, infelizmente, quase sempre o destaque é negativo.

Claro que a maioria das abordagens policiais acontecem sem problemas, mas é aquela em que o policial erra que vira manchete principal.

O índice de criminalidade aumenta consideravelmente em nosso país. Isto se dá não somente em razão do criminoso propriamente dito. Os cidadãos de bem também tem contribuído para esta desordem social.

Mas o principal culpado é o Estado, com sua inércia e leis ineficazes, o que tem deixado a sociedade a um passo da barbárie, como já foi tratado no artigo Amarrar bandido no poste virou moda.

Então não adianta falar que é honesto, trabalhador, porque será abordado do mesmo jeito.

O policial tem amparo legal para efetuar abordagem e busca em pessoas, veículos e residências, conforme os artigos 240 e 244 do Código de Processo Penal. Porém, ela não pode ser indiscriminada. Deve haver uma fundada suspeita.

O policial deve filtrar o que vê, ouve, suspeita e recebe através de denúncias. Cada caso é um caso e exige um tipo de abordagem específico.

Da abordagem básica como a simples presença policial para conferência de documentação de trânsito a abordagem problemática como uma negociação de sequestro com refém localizado, todas devem ser norteadas pelos princípios da segurança, objetividade e respeito.

Devido este tema ser bem vasto, trataremos dos princípios citados, dedicando artigos específicos para cada um deles.

  • Segurança em primeiro lugar na abordagem policial – princípio básico, mas fundamental para o sucesso do ato. Se não há segurança para abordar, melhor nem começar. Pois, se der tudo certo, parabéns! Mas se der errado, o policial será taxado por sua conduta (imprudente, negligente e imperito) e sofrerá as sanções da lei.
  • Objetividade para uma abordagem policial mais eficiente – princípio que demonstra o grau de treinamento e profissionalismo do policial. Análise da conduta operacional, desde sua mentalização até sua consumação.
  • Abordagem policial: respeito gera respeito – princípio da polícia cidadã. A atitude do policial costuma determinar o comportamento do abordado da forma desejada pelo policial.

Deixe aqui seu comentário